Instituto Memória - Centro de Estudos da Contemporaneidade Instituto Memória - 15 anos Instituto Memória - Televendas - 41.3016 9042
 

PESQUISA
Pesquisa por Título ou Autor/Colaborador:

Texto da Pesquisa:


clique na capa para ampliar

A Trilha - Capa Dura

Autor: Gastão Teixeira do Nascimento
Páginas: 154 pgs.
Ano da Publicação: 2021
Editora: Instituto Memória
Preço: R$ 65,00

SINOPSE

PREFÁCIO

Com muito orgulho recebi o convite de meu amigo Gastão Teixeira do Nascimento para prefaciar seu novo livro. Fiquei feliz, pois já havia lido as Histórias e Estórias do Velho Pescador, seu primeiro livro. Sabia que vinham novas e boas histórias e poesias do mais fino sentimento. Não me enganei. O autor nos presenteia, neste livro, com novos contos como a Trilha e termina com o conto o Ermita do Rio do Nunes e vários sonetos e poemas que revelam a essência das pessoas boas. Traz à mente um tempo em que as pessoas viviam amores e romances com o tempero da saudade.

Paralelo ao romance, o Gastão descreve com maestria os sentimentos, os desafios, a capacidade das pessoas de se reinventar, fala do pedinte que ganhou uma oportunidade de um homem bom e piedoso e a aproveitou. Estudou e seu formou, passando ele também a amparar os desvalidos.

O autor nos fala da natureza, do sussurrar das águas, da beleza de viver à beira-mar. Descreve um mundo belo, que muitas vezes deixamos ao largo de nossos olhos, pois os rigores do mundo, as exigências de uma vida cada vez mais globalizada, os smartphones, tables, tevês e computadores desviam nossa atenção das coisas que estão ao alcance das mãos.

Homenageia o Pontal do Paraná, terra onde vive, e os quinhentos anos do descobrimento do Brasil. Ao longo de todo o livro, sobretudo no poema O Ateu, faz uma demonstração de fé no poder de Deus, na certeza de que a mão do criador, do Grande Arquiteto do Universo, conduz a vida sem deixar de conceder o livre arbítrio a cada um de seus filhos.

O grande amor está presente ao longo de todo o livro. Viajei com as aventuras do autor e seus personagens, tão humanos que parecem reais, na busca por suas almas gêmeas, na espera de muitos anos, na frustração de um reencontro muitos anos depois. O próprio autor nos regala com o poema feito para sua amada esposa Begair, “Do Início Ao Fim, Eu Sempre Te Amarei”.

Enfim, mais um livro entregue ao mundo por esse meu grande amigo, do qual espero ler muito mais, pois sua criatividade é infinita.

 

Jocelino Freitas

Advogado Poeta e Escritor