Instituto Memória - Centro de Estudos da Contemporaneidade Instituto Memória - 15 anos Instituto Memória - Televendas - 41.3016 9042
 

PESQUISA
Pesquisa por Título ou Autor/Colaborador:

Texto da Pesquisa:


clique na capa para ampliar

MUNDO IN VERSO

Autor: Igor Veiga (Perigor)
Páginas: 116 pgs.
Ano da Publicação: 2017
Editora: Instituto Memória
De: R$ 40,00 - por: R$ 35,00

SINOPSE

Lembro-me muito bem de quando conheci o escritor Igor Veiga (Perigor). Foi em 2002, na biblioteca da Praça da Espanha,  numa reunião de poetas para montar uma antologia na cidade. Logo, descobri que Igor sofreu preconceito por sua poesia falar de liberdade sem hipocrisias. Também observei que sua escrita era original, criativa e cheia de esperanças. Este seu lançamento, o livro Mundo In Verso, é recheado de surpresas poéticas, onde o mundo e o verso se contrapõem, ao mesmo tempo que se complementam. Isto faz o leitor recordar das eternas e doces contradições do ser humano e da Arte. Na parte da obra chamada Mundo há metalinguagem, intertextualidade e reflexões filosóficas de todos os sentimentos que atiçam a alma de um escritor. Já a outra parte chamada In Verso debate a existência do poeta e as contradições de elementos essenciais para a nossa natureza humana. Aqui, os encontros e desencontros da vida são mais do que motivos para nascerem os poemas. Afinal, neste livro por inteiro, eles se transformam em músicas melódicas e sensíveis. O leitor que adquirir este livro, com certeza sentirá como é o espírito e as inquietações de um verdadeiro poeta.

Luciana do Rocio Mallon
Repentista, pesquisadora de lendas, bailarina folclórica e autora do livro Lendas Curitibanas pelo Instituto Memória

--------------------------

Enquanto desvencilha-se a vida de suas teorias, vezes absurdas vezes absolutas, um Bardo Poeta, grandioso por atenuar  suas realidades entre as linhas de seus versos, caminha mesmo silencioso, como humano, em direção ao sol poente, primórdio de sua razão. Busca então esse poeta tácito, os limites de sua inspiração, abalroando-se quando em vez, em portos conhecidos, experienciando para embarcações em deriva, que o bote-salvação está na palavra e o oceano tido como inóspito, é o mar de poesia de que tanto falam os escritores em suas obras. 

Igor Veiga (Perigor), escritor contemporâneo de muita astúcia no uso da liberdade poética, toma-se cultivador (com louvor) a  partir da iniciativa brilhante de materializar seus escritos em uma obra composta por dois livros “mais loucos que o Batman”:  livro MUNDO e livro IN VERSO, regidos por uma universalidade de SABERES. 

Mesmo não tão univitelinos, esses livros oriundos de pai portador de ilimitados verbos (Poeta e Criação) se assemelham aos dos grandes trovadores medievais e seus alaúdes, que recriavam sagas e davam vida aos seus heróis, Perigor (Igor  Veiga), através dessa gemelaridade literata, reinventa o concretismo poético em seus folhetins harmônicos, revestindo a poesia de mais liberdade e expressividade.

O livro MUNDO e o livro IN VERSO, traduzem o sentido da integridade com a palavra que o escritor em toda sua trajetória manteve em sintonia com seu místico e sua meritocracia, conceituando de forma relevante a nova linguagem e forma de poetizar para a grande massa. 

Honrado faço-me neste momento nas linhas de seus versos, na intenção de transmitir para o leitor o quão enriquecedor é percorrer com a visão esses livros e assim ter acesso à intenção do autor, lendo com a alma e valendo-me de múltiplos sentidos neste lábaro poético...

Osmarosman Aedo, IWA
Poeta del Mundo