Instituto Memória - Centro de Estudos da Contemporaneidade Instituto Memória - 15 anos Instituto Memória - Televendas - 41.3016 9042
 

PESQUISA
Pesquisa por Título ou Autor/Colaborador:

Texto da Pesquisa:


clique na capa para ampliar

Avaliação da Educação: Impactos no ensinp fundamental, na cidade de Curitiba, analisados a partir da aplicação e dos resultados do IDEB

Autor: Eugenia Vianna Picone
Páginas: 133 pgs.
Ano da Publicação: 2013
Editora: Instituto Memória
Preço: R$ 35,00

SINOPSE

Eugenia Vianna Picone mergulha e penetra no interior da sua temática sem vacilar e sem os receios dos que pretendem apenas exercitar rituais academicistas e preservar, intocados, os limites já traçados e cansativamente reiterados da situação atualmente vigente. O seu trabalho, além de imaginativo, desafia e põe em questão, com firmeza, o perfil do restritivo e excludente mundo dos progressos e presentes procedimentos avaliativos.Dessa maneira, este trabalho realiza o intento de decifrar as Políticas Educacionais, tomando-as, tal como deve ser de maneira articulada com as forças dirigentes (política e culturalmente) e as classes social e economicamente dominantes, entendendo-as como parte e expressão ativa do movimento de globalização do sistema criado e erigido sob o signo da acumulação capitalista. Revela e ressalta, também, com grandeza, a conformação da figura do Estado Neoliberal, bem como os receituários prescritos por este no tocante às questões da educação e, no seu interior, da avaliação sistêmica e escolar.Estado tal que privatiza, mesmo que disfarce e recorra a eufemismos, e adia indefinidamente o processo da democratização plena e efetiva dos vários níveis e etapas e das diversas modalidades educativas e de outras instâncias da vida social existentes em nossa nação. Expressão de toda essa situação material e simbólica, é o verdadeiro aglomerado dos testes e siglas que invadiram e ocuparam o campo da avaliação educacional, ao longo das últimas décadas, instigando mais as disputas e competições individuais e corporativas, e pouco altruístas, do que propriamente o aperfeiçoamento das relações humanas nas escalas educativas e sociais.Em síntese, a perspectiva desenhada pela autora, de índole crítica e inclusiva, decididamente contribui para reunir e sistematizar categorias conceituais e análises que elevarão o grau de compreensão do essencial e complexo problema da moderna avaliação educacional e escolar. Valho-me das palavras resumidamente esboçadas para externar e ampliar o convite a todos os educadores para que leiam e divulguem o livro em referência, tomando-o como meio e instrumento de reflexão e ação de transformação educativa e social, sempre pela via da construção de sujeitos mais autônomos e solidários. Odilon Carlos Nunes Doutorando em Educação pela Universidade Federal do Paraná.Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná.Especialização Em Teoria do Conhecimento pela Universidade Federal do Paraná.Graduado em Licenciatura e Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná.Professor na Universidade Federal do Paraná.